sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Iúuuuuuuuuu (e o resto) Take 3

Amiguinhos, o dia aqui amanheceu resplandecente, espero que aí também, mesmo sabendo eu que de certezinha que de um céu assim tão intenso, decerto não beneficiarão, Algarve rule, Algarve é que é, quais Punta Cana, quais quê... )) 

Ó pra isto:


(foto "Céu no Algarve" de minha autoria proibida a partilha)

Hã..?!:D Pois...:)) Lá está..:D Cabum! :)) Olarilólé:DDDDDDDD


Bem, ainda sobre ontem e sobre as  fotos que partilhei, muito me apraz contar-vos que tive uma sessão de esclarecimento sobre aquele jogo ao qual me iniciaram. Tratava-se de um ping pong e não de ténia - que afinal é "ténis"- como pensei. Bem que estranhei o tamanho da frigideira. Por isso, estou neste exacto momento observando a prática de um e outro, e já encomendei online  o que  me pareceu ser mais adequado ao  tal de ténis

pois que até tem um género de alvo e tudo. Agora resta-me confirmar se tem a dimensão pretendida, e discernir se o facto de os algarvios chamarem a isto "raquete" tem alguma influência moura, ou se é só porque sim. 
Entretanto estou aqui sentada à beira de uma piscina tão fantástica, como nunca tinha visto igual.  Redondinha, com uma pedra toda à volta num estilo que me parece gótico, tem umas ranhuras dando a impressão de estar a desagregar-se, o que me reporta àquele dizer muito giro "se caires 7 vezes, levanta-te 8" e coisas assim zen, a água é azul e mantém-se nos 35º. Um luxo. Têm mesmo um funcionário com um braço imerso na águinha todo o dia, porque como as pessoas  daqui são muito ciosas do que prometem, tratam de garantir o prometido, e o prometido foi 35º na piscina. Se a temperatura aumenta ou desce, lá vêm eles ou com uma camioneta de gelo, ou com um aquecedor gigante. À noite é que esfria, porque o senhor tem que descansar, naturalmente. Estou a adorar tudo. Em calhando ainda importo algumas destas ideias para Lisboa, sobretudo a parte do material que usaram nestas construções, particularidade que como todos sabem,  me interessa de sobremaneira.  De seguida vamos fazer um passeio, à descoberta do património histórico destas paragens, aos quais alguns algarvios, curiosamente, denominam de "recantos". Contudo, o sr. guia, diz que a um património histórico as 'ssoas não devem referir-se dessa forma, que "recanto" é lá o pedacinho de sítio que uns e outros guardam na memória por vias de bons momentos, que património é coisa pra outra envergadura. Não insisti no tema, que não sei a proveniência do homem, às tantas é de Lisboa.  Sabe-se lá. 

Por hoje é tudo. Tenho tantas saudades vossas, tantas, tantas, tantas, tantas, tantas, tantas, tantas, taaaaaaaaaaantas!....:)))


  

Sem comentários:

Enviar um comentário